O que todos devem saber sobre Consolidar Creditos



Todos nós ouvimos falar em soluções de credito consolidado através dos meios de comunicação. Seja em casa através da televisão, através do rádio quando estamos parados no transito, nos anuncios na sua revista ou jornal habitual, através da internet ou até através de um amigo seu que já usou ou está a pensar usar uma solução de credito consolidado, a verdade é que todos nós já ouvimos falar em juntar creditos, consolidar creditos, consolidação ou reestruturação de dívidas etc.

Na realidade, através dos anúncios apenas conseguimos ter uma ideia muito generalizada do que é um credito consolidado. Uma vez que a duração dos anuncios tende a ser reduzida ou o espaço nas revistas ou jornais limitado, a informação que nos chega relativa a estes creditos não passa de “baixe a prestação em 60%”, “baixe os seus encargos mensais em 70%”, “junte os seus créditos e poupe 60%”, etc. passando a explicação de todo o funcionamento deste tipo de creditos ao lado.

É importante saber como funciona o credito consolidado antes de ponderar avançar com uma solução deste genero. Apesar de nos ser transmitida uma ideia de facilitismo em relação ao recurso aos creditos consolidados, o uso destes não deve ser generalizado e deve ser entendido como um ultimo recurso para quem não consegue de outra forma lidar com as despesas mensais.

Antes de ponderar um credito consolidado deve antes tentar renegociar as suas dividas.

O credito consolidado é indicado para quem tem varios creditos contraidos de curto prazo e taxas elevadas. Ao optar um credito consolidado, este permite-lhe juntar os seus creditos num novo emprestimo, que é feito com uma garantia no caso de se tratar de um credito consolidado com hipoteca, ou sem garantia no caso de se tratar de um credito consolidado sem hipoteca. A prática mais comum é o credito consolidado com hipoteca. Normalmente a garantia é um imóvel que é dado como colateral para o novo credito. Ao juntar os seus creditos de curto prazo e taxa elevada com um credito habitação, estará a alargar os prazos dos creditos mais curtos, diluindo a prestação mensal dos mesmos.

As reduçoes que podem ser conseguidas através de uma solução de crédito consolidado com garantia rondam os 60% podendo em alguns casos chegar aos 70% dependendo do perfil do proponente e da situação em que o mesmo se encontre.

Para credito consolidado sem garantia, ou credito consolidado sem hipoteca, as reduções tendem a ser de uma ordem menor. Uma vez que este não é um credito que tem a um imovel como garantia , tem um maior risco, logo, os prazos não podem ser tão alargados, o que resulta numa prestação maior.

Artigos Relacionados:

  1. Credito Consolidado: Equilibre o orçamento familiar
  2. Credito Consolidado: Acabe com os multiplos creditos
  3. A quem se destinam os creditos consolidados
  4. Conhece estas 6 vantagens da Consolidação de Creditos?
  5. Pensa que sabe como funciona o credito consolidado? Pense de novo


Comments (3) Write a comment

  1. Tenho vários créditos em financeiras e cartões de crédito ronda os 35000,00 euros, mas não tenho habitação própria, portanto teria que ser sem hipoteca, sou aposentada da função pública. Seria possível obter crédito consolidado e baixar as prestações? Poderia pagar mensalmente 500,00 euros.
    Gratos pela atenção

  2. Tenho vários créditos em financeiras ronda os 41000,00 euros, tenho habitação própria, Seria possível obter credito consolidado e baixar as prestações? Ja exprimentei varias entidades mas ate ao momento todos fecharam a porta.

    Sera que me podem ajudar??

    Gratos pela atenção

  3. Boas

    Antes de mais parabéns ao autor do site.
    Muito conteúdo e o mais importante bastante útil.

Deixar uma resposta

Required fields are marked *.


Top